16

jul, 2014

Como fazer mudança com seu animal de estimação

Por: | Tags: | Comentários: 0

 

No Dia da Mudança…

Tente manter a sua programação normal, tanto quanto possível. Rotinas são muito importantes para seus animais. Alimente e/ou passeie com ele como você faria normalmente

Vá para sua nova habitação e prepare as coisas antes de trazer seu animal de estimação para dentro. Se você não tem em qualquer lugar para deixar seu bichinho ou está viajando sozinho, mantenha-o na coleira, fora de casa. Inspecione seu novo lar procurando qualquer coisa que possa ser prejudicial, tal como tinta fresca, serragem, vidro quebrado ou fios desencapados.

Quando tiver a certeza de que tudo está seguro, libere o animal da coleira.Certifique-se de que todas as portas e janelas estejam fechadas, por enquanto. Permita que seu animal se acostume com sua nova habitação.

Coloque os itens familiares pertinho dele, como sua caminha e brinquedos preferidos.

Tire um tempo para brincar com seu animal. Dê-lhes um momento um uma experiência para associar seu novo lar como um lugar positivo e agradável.

Certifique-se de atualizar suas etiquetas de identificação. Desde que você esteja em um lugar novo, será mais fácil para o seu animal de estimação se perder. Por conta disto, atualize as informações da coleirinha adicionando seu novo endereço e telefones.

Verifique seu novo quintal com muito cuidado (se for o caso). Veja se não há itens nocivos ou produtos químicos perigosos pelas proximidades. Veja também se sua cerca é segura o suficiente para evitar qualquer fugidinha. Seu bichinho pode ficar um pouco confundido com o novo ambiente, mas tenha paciência. Com o tempo ele se acostumará com a nova casa

Para os gatos que são criados ao ar livre, mantenha-os dentro por algumas noites até que se aclimatem. Aos poucos, deixe que eles passem mais tempo do lado de fora.

Aproveite o seu novo lar com o seu animal de estimação!

Dicas

  • Uma boa dica para distrair seu gato num momento de mudança é passar um pouco de manteiga em suas patinhas. Ele vai gastar um bom tempo lambendo tudo e vai se acostumar melhor com o espaço ao redor.
  • Se os seus animais são muito agressivos para serem presos juntos, planeje a viagem deles independentemente, se for o caso, com transportadoras diferentes.
  • Tome tempo para analisar se uma mudança seria a melhor coisa para seu animal de estimação. Certifique-se de que ele vai ser fisicamente capaz de tolerar todo o stress do processo. Um cão de idade avançada, normalmente com artrite, pode não tolerar uma mudança para um clima mais frio. Viajar com peixes também pode ser desastroso.
  • Se você fizer uma reserva on-line em um hotel, certifique-se falar com algum responsável do antes de pagar. Algumas políticas de hotéis podem acabar cobrando um extra pela presença de seu animal, portanto, veja isto com antecedência.
  • Se você tem um cão com muita energia, verifique se você trouxe consigo uma coleira extensível e brinquedos para que ele brinque no dia da mudança. Você pode parar de tempos em tempos durante a viagem, para passear um pouco com eles, mas nunca os remova da coleira.
  • Coloque toalhas ou lençóis nos bancos onde os animais vão sentar ou deitar, para que fiquem confortáveis. Isto também pode ajudar com relação ao pelo que eles irão, inevitavelmente, soltar. Lembre-se que em contextos estressantes os animais tendem a soltar mais pelos do corpo.
  • Forre o interior da gaiola de transporte do animal com algumas toalhas, caso ele tenha que ser transportado nela.
  • Peça a um amigo para viajar com você, se você estiver viajando sozinho com os seus animais de estimação. É muito fácil se distrair e o auxílio de um companheiro ou companheira de viagem pode auxiliar e muito, tanto na mudança, quanto no trato de seu animal de estimação.
  • Algumas companhias de transporte oferecem seguros específicos para animais de estimação. Se você não possui seguro veterinário de seu animal, procure por mais informações sobre este detalhe.

Avisos

  • Nunca transporte seu animal de estimação na área de carga de um caminhão em movimento. Itens e móveis podem se deslocar e cair sobre a gaiola de transporte. A temperatura deste ambiente tende a não ser muito boa também.
  • Animais transportados no compartimento de carga de um avião podem experimentar lesões, estresse agudo, e temperaturas extremas. O compartimento de carga foi projetado para o transporte de carga e não de animais, de modo que ambiente não é controlado da mesma forma que na cabine de passageiros. O animal não é suscetível de ser amarrado no caso de alguma turbulência. Ao considerar este risco, tome em conta todas as alternativas antes de ir por esse caminho. Mesmo as melhores companhias aéreas apresentam uma taxa elevada de mortalidade de animais carregados desta forma. É importante que você saiba disto antes de continuar.
  • Permitir que o seu animal de estimação viaje livremente dentro do carro pode ser perigoso, e também uma distração para o condutor. Mantenha o seu animal de estimação na gaiola de transporte ou preso a uma cadeira de criança, ou mesmo a uma coleira de segurança. Prenda a gaiola de transporte e evite que ela deslize.
  • Nunca deixe seu animal sozinho no interior de um veículo. A temperatura pode ficar muito quente (prejudicando o animal) ou mesmo pode ser uma situação muito estressante para ele.
  • A maioria das casas passa por um momento caótico durante uma mudança. Certifique-se de que você não está deixando ao alcance do animal qualquer elemento tóxico ou pequenos itens que podem ser engolidos. Tome cuidado se o seu cão tem uma tendência a mastigar qualquer coisa: agora também não é um bom momento para deixar seus sapatos espalhados pelo chão.
  • Não deixe seu cão viajar com a cabeça para fora da janela. É divertido de assistir, mas muito perigoso para ele. Deixar o focinho para o lado de fora da janela faz com que o ar e as bactérias sejam empurrados para suas fossas nasais, além do fato do animal poder saltar ou ser ferido em um acidente. Lembre-se: animais de estimação muitas vezes fazem coisas estranhas durante uma mudança, tudo por causa do estresse!
  • A maioria dos países e até mesmo alguns estados (como o Havaí) requerem procedimentos de quarentena para garantir que apenas animais livres de doenças entrem em suas fronteiras. Certifique-se de acompanhar cuidadosamente o atendimento prestado ao animal nestas situações, e como possíveis doenças são tratadas. Solicite informações sobre o período de quarentena e analise cuidadosamente todas as opções ideais para você e seu animal neste período de tratamento.
  • Quando chegar ao aeroporto, você será instruído a remover o animal da gaiola transportadora para que eles possam passá-la pelo equipamento de raio-x. Mesmo que o seu gato esteja sedado, ele pode muito bem “surtar”. Esteja preparado para estas condições.

Materiais Necessários

Cães

  • Caixa ou gaiola transportadora, de tamanho adequado (tanto para seu carro, quanto para o compartimento de cargas do avião, se for o caso).
  • Almofadinhas e forração para a gaiola, ou para o banco onde o animal ficará sentado.
  • “Forração emergencial de plástico”: você pode cobrir o colchão e as almofadinhas com um plástico simples, em caso de vômitos ou acidentes.
  • Guloseimas para o cão (coisas simples e pequenas, para que o animal não coma muito e fique enjoado)
  • Ração e água fresca.
  • Potinhos para servir os alimentos.
  • Os brinquedinhos favoritos de seu animal.
  • Pausas para o animal fazer suas necessidades.
  • Certificados de vacinação.
  • Medicamentos.
  • Coleira para evitar uma fuga quando em uma parada de descanso ou no estacionamento do hotel, por exemplo.
  • Novas etiquetas de identificação com o seu novo endereço; coloque-as no seu cachorro uma vez que você sair.
  • Toalhinhas de papel para desinfecção em caso de “acidente” de percurso.

Gatos

  • Coleira ou colar.
  • Cópia dos registros de vacina do animal;
  • Potinho para colocar ração;
  • Sedativos ou qualquer medicação prescrita;
  • Saco fechado ou pequeno recipiente com a ração do gatinho;
  • Água engarrafada e em temperatura ambiente;
  • Guloseimas favoritas;
  • Seus brinquedinhos favoritos;
  • Areia higiênica para gatos e algumas tampas de papelão descartáveis para dispô-la dentro.
  • Caixa transportadora, ou gaiola, em tamanho adequado.